Home
Blog

Instagram Feed

  • Nadar imediatamente atrs de outro nadador pode ser uma boa
  • Realezas feliz dia do Amigo!!   A amizade faz
  • Hoje  o dia mundial do Futebol!   Um
  • Dicas RRM de Respirao para natao!    Domine
  • A pureza do sorriso e a felicidade desse pequeno ps
  •  OURO!!!   Ana Marcela  campe mundial dos
25/3/2019

Você sabe descartar os seus resíduos?

Um estudo realizado pela InternationalSolidWasteAssociation (ISWA) reuniu dados sobre resíduos de todo País de 2010 a 2014 e analisou nos anos posteriores como o orçamento da União é aplicado para sanar/mitigar os impactos decorrentes desse problema.

Para quem utiliza o mar como forma de lazer e trabalho, estar em sintonia com a natureza é fundamental. Todos por aqui acompanham as ações de proteção apoiadas pelo RRM, mas será que você compreende de fato a complexidade de toda a consequência do descarte inadequado de resíduos?

Primeiro é preciso deixar claro que esse não é só um problema ambiental, deve ser encarado e analisado de forma holística e transdisciplinar, estamos falando de desdobramentos diretos em áreas como Saúde, Infraestrutura, Saneamento básico, Transportes e muito mais.

Um estudo realizado pela InternationalSolidWasteAssociation (ISWA) reuniu dados sobre resíduos de todo País de 2010 a 2014 e analisou nos anos posteriores como o orçamento da União é aplicado para sanar/mitigar os impactos decorrentes desse problema.

Esse levantamento mostrou que 75 milhões de brasileiros tem seu lixo destinado em locais impróprios como lixões e a população que vive no entorno desses locais, ou trabalha diretamente por lá, é afetada diretamente por doenças decorrentes do não tratamento dos resíduos, que se propagam pela contaminação de água, solo, ar, fauna e flora.

O cenário ao redor do mundo não é muito diferente, estudos mostram que pelo menos 1% da população incluída nos grupos de risco desenvolve doenças causadas pelo descarte e destinação incorretos de resíduos. É agora que observamos os diversos desdobramentos desse problema ambiental.

O custo do governo brasileiro através do SUS para tratamento de saúde das pessoas afetadas é de US$ 500 por pessoa, e alcançará um total de aproximadamente US$ 370 milhões em um ano. Pasmem, em cinco anos o valor chegará a US$ 1,85 bilhão.
Será que esses valores não seriam melhor investidos em sistemas de prevenção? Cabe a nós mudar esse jogo e começar a fazer a diferença no início da cadeia. Cada vez mais devemos ensinar, divulgar e incentivar o descarte correto de resíduos, seja ele de qualquer tipo, e transformar o Brasil do micro para o macro.

Texto escrito por Caio Miranda da Tech Trash Brasil.



Deixe um comentário

Apoio
Apoio de Mídia
Parceria Artística
Parceria Ambiental
Apoio Local
A Gente Apoia
Hidratação Oficial
Realização