Home
Blog

Instagram Feed

  • Nadar imediatamente atrs de outro nadador pode ser uma boa
  • Realezas feliz dia do Amigo!!   A amizade faz
  • Hoje  o dia mundial do Futebol!   Um
  • Dicas RRM de Respirao para natao!    Domine
  • A pureza do sorriso e a felicidade desse pequeno ps
  •  OURO!!!   Ana Marcela  campe mundial dos
27/2/2019

WETSUIT: Qual a sua importância para o nadador?

Para a maioria dos atletas de natação, nadar no mar é algo único e sem comparações com uma piscina. Porém, ao se aventurar em águas abertas, os nadadores e nadadoras precisam ter alguns cuidados essenciais!

As águas brasileiras, geralmente ficamentre 18 a 22 graus Celsius. Sabendo que a temperatura do corpo humano é de 36°C, quando o atleta passa tempo demais na água, o corpo pode perder calor e gerar uma hipotermia.

Por isso, é recomendado a utilização de roupas de neoprene, mais conhecido como o wetsuit, em provas acima de 1,500m, segundo a International Triathlon Union (ITU). A principal função da roupa é manter o corpo aquecido durante todo o momento em que o nadador está no mar. Muitos modelos vãoalém, proporcionando maior flutuabilidade, menor atrito com a água e podem melhorar a hidrodinâmica na natação.

Na hora da compra, é preciso escolher bem o modelo mais adequado ao seu estilo de nado e biótipo, para que o wetsuit não acabe prejudicando ao invés de ajudar. Listamos 4 dicas para não errar:

1. Avalie sua natação
O primeiro passo é saber que tipo de nadador você é: amador ou profissional? Iniciante ou experiente? Suas pernas afundam na água?
Atletas que têm essa última dificuldade, devem procurar roupas com neoprene espesso (entre 3 e 5mm), voltado principalmente para as regiões do tronco e das pernas. Quanto mais grosso, mais a flutuabilidade que o atleta terá.
Já aqueles experientes e profissionais devem priorizar o conforto e a manutenção técnica, sem qualquer esforço extra. Dito isso, os modelos de menor espessura (1,0 a 1,5mm) com mais flexibilidade nas extremidades e laterais do troco, são os mais recomendados.

2. Qual seu tipo de corpo?
Cada fabricante tem uma forma que se adapta a diferentes perfis. O principal é sempre provar a roupa antes de comprá-la.
É importante ressaltar que o traje deve ficar justo no corpo, como se fosse uma segunda pele, permitindo uma pequena entrada de água para que os músculos do nadador não fiquem presos à roupa.

3. Que tipo de prova você vai disputar?
No Brasil, dificilmente a água fica abaixo do 15ºC, portanto, na hora de escolher seu wetsuit, o conforto pode ser mais importante do que a espessura da roupa.
As distâncias importam? Sim! As provas mais curtas pedem trajes mais simples, fáceis de tirar e com flutuabilidade neutra, enquanto as mais longas exigem conforto e suporte ao troco do atleta, contingente com a flutuabilidade das pernas.

4. Quanto é o investimento em um Wetsuit?
Há várias faixas de preço. Nem sempre, o modelo mais caro será o melhor para você. Aos iniciantes, por exemplo, podem ser beneficiados por roupas mais simples e baratas, com o neoprene mais espesso e que ofereça maior flutuabilidade. Já os mais avançados e profissionais, podem adquirir os trajes sem os recursos que alterem sua posição na água e com boa flexibilidade nas extremidades, usualmente encontrado nas linhas intermediárias.

Para realizar uma boa prova, é sempre muito importante cuidar do seu corpo, alimentação, da sua segurança e saber as suas limitações para realizar provas no mar. Boa prova!



Deixe um comentário

Apoio
Apoio de Mídia
Parceria Artística
Parceria Ambiental
Apoio Local
A Gente Apoia
Hidratação Oficial
Realização